domingo, 16 de junho de 2013

Trabalhando com texto dissertarivo: Tema Água (9º ano)


                             
                     
                          Usar água sim; desperdiçar nunca

O verão veio bravo. Ninguém aguenta o calor. É tempo de piscina, praia, refrescos, sorvetes e muito desperdício de água.

Esse mau hábito não é novo. Ao ler uma instrutiva reportagem publicada pelo "Estado" (6/2/2006), fiquei estarrecido ao saber que o consumo por pessoa em São Paulo é de 200 litros por dia, bem superior aos 120 litros recomendados pela ONU.

Em 2005, o consumo de água na região da Grande São Paulo aumentou 4% em relação a 2004. Só em dezembro, foram consumidos 128 milhões de metros cúbicos de água - o maior consumo desde 1997.

É uma soma fantástica e sinalizadora de muito desperdício. Os repórteres responsáveis pela reportagem mencionada "flagraram" muitas pessoas que lavam as calçadas com mangueira a jato em lugar de vassoura. Trata-se de um luxo injustificável. No consumo doméstico, cerca de 72% da água são gastos no banheiro e, neste, o chuveiro responde por 47%. Os banhos exageradamente demorados desperdiçam água e energia elétrica.

É verdade que o asseio é uma das virtudes dos brasileiros e devemos conservá-la. Mas não há necessidade de ficar meia hora debaixo do chuveiro para manter a boa higiene. Quando estudei nos Estados Unidos, há mais de 50 anos, a dona da república onde morava que era franzina e de cara muito fechada  me fez pagar uma sobretaxa de aluguel porque sabia que, como brasileiro, eu estava acostumado a tomar banho todos os dias e a "gastar" muita água. Na época,garoto novo, achei a mulherzinha um monstro de avareza. Hoje, vejo que todas as nações do mundo precisam economizar água.

O Brasil que é um país abençoado possui cerca de 20% da água do mundo. Isso é um privilégio quando se considera que só 3% da água do planeta é aproveitável e que mesmo esses 3% não são imediatamente utilizáveis, porque uma grande parte está nas geleiras longínquas e em aquíferos profundos. Na verdade, a quantidade de água que pode ser usada para alimentar os seres vivos, gerar energia e viabilizar a agricultura é de aproximadamente 0,3%.

Desse ponto de vista, a água é um bem escasso. Não é porque temos 20% da água do mundo que podemos perdê-la irresponsavelmente. O uso da água precisa ser racionalizado, em especial nas grandes aglomerações urbanas, onde os mananciais não dão conta de atender a população.

O Brasil já possui uma lei das águas, promulgada em 1997, cujo objetivo central é o de "assegurar à atual e às futuras gerações a necessária disponibilidade de água". Recentemente, o Conselho Nacional de Recursos Hídricos aprovou o Plano Nacional de Recursos Hídricos, com vistas a induzir o uso racional da água.

Tais instrumentos são importantes. Mas o Brasil ganhará muito se as escolas e as famílias ensinarem as crianças a não repetirem os desperdícios praticados pelos adultos. Comece hoje a ensinar seus filhos e netos. E, sobretudo, dê o bom exemplo. Afinal, para mudar hábitos, os exemplos e a educação são peças-chave.

Por Antônio Ermírio de Moraes

17 de Fevereiro de 2006 Fonte: Folha De S.Paulo

                                                    Questões

1) Quais são as características do texto? Responda levando em conta os seguintes critérios: finalidade, perfil dos interlocutores, suporte ou veículo, tema, estrutura e linguagem.

2) O autor começa o texto com as coisas boas que as pessoas fazem no verão. Na sequência faz um comentário que quebra a expectativa do leitor.

a.Qual é esse comentário?

 b.Qual é o efeito dessa quebra de expectativa?

c.Qual é a tese defendida por Antonio Ermírio? Copie o parágrafo em que essa ideia é expressa.

d.Para convencer o leitor, o autor contrariou uma justificativa bastante usada pelos brasileiros para os banhos demorados. Identifique no texto que justificativa é essa.

e. Quais os argumentos utilizados pelo autor para combater a ideia que no Brasil não é necessário economizar água?

3) Qual a sua opinião sobre o assunto? Escreva no mínimo um parágrafo, argumentando sobre seu ponto de vista.

4) Estudo do vocabulário: Pesquisar palavras que não souber no dicionário.

 
                                                Atividades complementares

 *Ouvir e analisa a musica Planeta água (Guilherme Arantes)

Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão...

Águas escuras dos rios
Que levam
A fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população...

Águas que caem das pedras
No véu das cascatas
Ronco de trovão
E depois dormem tranquilas
No leito dos lagos
No leito dos lagos...

Água dos igarapés
Onde Iara, a mãe d'água
É misteriosa canção
Água que o sol evapora
Pro céu vai embora
Virar nuvens de algodão...

Gotas de água da chuva
Alegre arco-íris
Sobre a plantação
Gotas de água da chuva
Tão tristes, são lágrimas
Na inundação...

Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra...

Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água...

Água que nasce na fonte
Serena do mundo
E que abre um
Profundo grotão
Água que faz inocente
Riacho e deságua
Na corrente do ribeirão...

Águas escuras dos rios
Que levam a fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população...

Águas que movem moinhos
São as mesmas águas
Que encharcam o chão
E sempre voltam humildes
Pro fundo da terra
Pro fundo da terra...

Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água
Terra! Planeta Água... (2x)


                                         Questões sobre o texto:

1- Quais as utilidades da água citadas na musica?

2- Que outras utilidades da água possui?

3- Como você interpreta a segunda estrofe da música?

4- Em sua opinião, qual a intenção do autor ao repetir tantas vezes a expressão: “Terra! Planeta Água”?

5- Pesquise o significado das palavras em destaque no texto.

6- Quais são os benefícios e os malefícios da chuva?

7- Segundo pesquisas, menos de 1% da água existente na Terra está disponível para o consumo humano. Qual a importância da água na manutenção do corpo humano? Pesquise e explique como ocorre a desidratação.

8- Qual o significado da expressão: “Saneamento básico”? Qual o órgão responsável pelo saneamento em sua cidade?

9- Você se preocupa em economizar água? Por quê?

10- No Brasil, quais são as regiões que mais sofrem com a falta d’água?

11- A água dos rios poluídos pode causar sérios danos à saúde. Você conhece algum rio poluído? Qual? O que a população tem feito para minimizar o problema?

12- Produzir história em quadrinho, crônica, poesia e aventuras com o tema “A Terra sem água”

 

*Assista ao vídeo. Em seguida fazer roda de conversa.


 

                                 Sugestão de atividades interdisciplinares:


*Artes: folders, cartazes e apresentação em power point alertando sobre desperdício da água e dicas de economia.
*Ciências: http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/pratica-pedagogica/serie-agua-607403.shtml

*História: Estudo do Meio - Visita Sanasa ou Salto e Itu

*Geografia: Pesquisar aquíferos no Brasil
*Ingles “Water Planet” - Siqueira; Spinelli - Scipione

*Ed Física Importância da água para o corpo durante os esportes

* Matemática: porcentagens de água nos seres vivos

 

 

2 comentários:

  1. Ilza, amei essa ideia, vou aplicar com os meus alunos!
    Flávia

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou Flávia! Gostei muito do retorno que tive quando desenvolvi essas atividades com meus alunos.
    Ilza

    ResponderExcluir